A GERAÇÃO DOS DIGITAL INFLUENCERS QUE NÃO INFLUENCIAM

É comum você ouvir o termo digital influencer nos dias de hoje, mas ela está erroneamente associada as pessoas apenas famosinhas das redes sociais. Um legítimo digital influencer tem algo de diferente e que agregue ao seu seguidor e o que mais vemos são pessoas usando da rede social para se despir e se exibir com o intuito que diverge da paixão por fotos sensuais, mas sim para completar um vazio enorme que há no seu ego, pois carece de conteúdo e a aceitação alheia lhes conforta.

digital-influencer-the-purple-03

Cada like, cada curtida nada mais é do que o petisco que você dá ao seu cachorro para ele continuar fazendo gracinhas e o engraçado é que os seguidores ao mesmo tempo que tem fome por conteúdo de qualidade, estão ligados no piloto automático e consomem o conteúdo pobre que os digital influencers fakes oferecem e o pior, acabam se comportando da mesma forma que eles. Sendo assim, a culpa seria dos digital influencers ou dos próprios seguidores que dão audiência a eles fazendo com que continuem oferecendo mais do mesmo?!

Vale ressaltar também, que muitos são tão seguidos quanto pessoas famosas (isso quando os seguidores e curtidas não são comprados. Não se engane achando que todas as pessoas tem milhares de seguidores conforme indica. Uma forma simples de perceber isso é que você tem que ter no mínimo uma média de 10% de curtidas equivalentes a sua quantidade de seguidores, ou seja, se você tem 10 mil seguidores, as curtidas giram em torno de 1000 e atire a primeira pedra quem já não viu perfis com 300 mil seguidores e os posts não chegam nem a 1000 curtidas?!). Tal fama quando é legítima poderia ser usada para promover ótimas campanhas e influencias sociais. O digital influencer talvez até defende boas causas, mas na hora de ir para as redes sociais tira a camisa e morde o beicinho.

digital-influencer-the-purple-04

Quem já não viu também perfis só com selfies? É tanta foto da mesma cara que parece que você está olhando para a mesma foto repostada várias vezes! Selfie é o ato de tirar foro de si mesmo, mas tire foto de si mesmo mostrando um lugar que está viajando, ou um amigo com quem encontrou, ou com o namorado e o que estão fazendo de interessante em um final de semana.

Digital influencer que é digital influencer é aquele que colaborará com você postando a mesma foto sem camisa mostrando seu corpo esculpido, mas revelando os caminhos saudáveis que o fizeram chegar até lá, influenciando você a tal modo que tomará pra si aquele lifestyle (estilo de vida) e não com a legenda “estou gordo” esperando que seus seguidores comentei “imagine, está ótimo!” Agora raciocinem, se você que não se considera tão bonito quanto, um reles mortal, consegue sobreviver com sua auto estima, imagine como não está a cabeça dessas pessoas que são lindérrimas, mas que precisam da afirmação constante do quanto são bonitas?! Acha mesmo que elas tem qualificações de influenciar alguém?! Isso me soa muito como a Rainha Má da história da Branca de Neve (espelho espelho meu, existe alguém mais bela do que eu?), onde eles são a Rainha Má e os seguidores o espelho.

Um digital influencer é aquele que vai mostrar talvez as diversas formas de se vestir, seja com roupas de marcas até a roupas de brecho. Você percebe quando as postagens não passam apenas de exibicionismo do seu status social. Um digital influencer legítimo consegue fazer propaganda de um produto para cabelo o aplicando em seu próprio cabelo e mostrando como fica bom o resultado, não tirando a foto com o produto do lado usando apenas cueca como se fosse um mascote. Um digital influencer do mundo fitness mostra toda a sua rotina de treino, alimentação balanceada e os suplementos que consomem, não apenas uma série de selfies com o peito explodindo para fora da camisa como se apenas o consumo daqueles produtos fosse fazer seus seguidores chegarem no mesmo resultado. As divulgações precisam ser de caso pensado para não haver má interpretação de quem a vê.

Contudo, como disse Pedro Bial “use filtro solar” e filtre o que você consome nas redes sociais e não seja um baba ovo de quem está cagando para você. Absorva aquilo que realmente lhe agregue algo positivo, que melhore sua vida e não apenas mate o seu tempo e sua auto estima. Pare de querer ser igual a eles, pare de querer ser um padrãozinho, pois a maior dádiva do ser humano é a singularidade. Se você quer seguir um padrão de beleza, ótimo! Mas nunca siga um padrão de personalidade, nunca!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s