COMO FAZER CHUCA

Você que vai iniciar a sua vida sexual passiva (sexo anal), esse artigo é para você e estamos aqui para ensinar e lhe dar alguns conselhos dessa prática muito comum. Há quem diga que essa prática de higiene não é saudável, principalmente com frequência, o que está correto, mas deixa de tornar saudável se feito da forma incorreta.

Segundo o proctologista Dr. Paulo Branco, um dos maiores especialistas em doenças anais e com foco também em pacientes homossexuais, a preocupação desses pacientes que fazem a chuca é com relação à contaminação fecal ao parceiro e por conta disso fazem limpezas exageradas que acabam causando problemas no intestino e causando justamente aquilo que eles queriam evitar, o cheque.

Isso acontece porque a chuca deve ser feita de maneira a limpar apenas o reto. Não se deve introduzir grande quantidade de água de uma só vez, nem mesmo com alta pressão (como acontece com a utilização dos famosos chuveirinhos), pois uma vez que esse líquido atinja o intestino grosso, podem não ser totalmente eliminados antes da relação. A fricção do pênis ou mesmo dos dedos do seu parceiro poderá estimular as contrações do intestino grosso determinando primeiro o aparecimento de cólicas e posteriormente vazamento de secreções e fezes pela abertura anal.

Para que isso não aconteça, o ideal é a utilização de seringas auricular de 20 a 100ml  (sem agulhas) conforme a as imagens 01 e 02, a ducha higiênica portátil conforme as imagens 03 e 04. Lembrando que a introdução do bico no ânus deve ser feita com a utilização de lubrificante e com cuidado.

O chuveirinho é o modo menos aconselhável pelos médicos para fazer a chuca, mas ainda assim pode ser feita. O jeito correto é usar o chuveirinho sem o bico, apenas com a mangueira, e com água na pressão fraca. Aplique um pouco de lubrificante no ânus, coloque a mangueira na entrada do ânus, nunca introduzida, pois pode machucar a mucosa por dentro,  e deixa o tempo máximo de 30 segundos. Após o procedimento, é possível evacuar. Sente-se no vaso e expila o líquido. Repita esse procedimento até a água sair limpa. Esse procedimento normalmente é feito 05 vezes.

Se você estiver com um funcionamento normal do intestino, a chuca pode durar de 06 a 08 horas se feita da forma adequada, até o bolo fecal chegar ao reto novamente.

O segredo está aí, em não introduzir grande volume de água ou com alta pressão, mas sim repetir o processo com pouca água e em hipótese alguma misture álcool, sabonetes líquidos ou shampoos, pois possuem propriedades tóxicas e podem causar irritações e inflamações, além de ressecamentos da mucosa anal e também desregular o PH e flora intestinal, é apenas água! Após o término, não se esqueça de higienizar o ânus por fora, incluindo a entrada introduzindo 01cm do seu dedo com sabonete, pois vai que o boy faça um beijo, grego, hein!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s